terça-feira, setembro 27, 2005

Vamos pensar juntos?

Penso fazer um blog para trocar idéias faz tempo. Um espaço para falarmos de relacionamentos, filhos, trabalho, qualquer coisa que nos aflija. Quantos não têm com quem trocar? falar simplesmente sobre algo. Aqui há esta possibilidade.
Sejam bem vindos.

20 comentários:

Leila disse...

Elianne, ótima idéia. Vamos ver se eu vou ter coragem de desabafar sobre as minhas neuras, he he he.

Oriente-se disse...

Leila, vc vai me dar sorte, foi a primeira e mal acabei de criar. Se quiser fazer perguntas com outro nome,tbm pode:) para os outros não identificarem.

joseluis disse...

não vou querer ter alta nunca

Luci disse...

gostei da imagem!
Um caminho a seguir!
como vc. já sabe um pouquinho de mim...rs! e eu disse que devo ser um prato cheio pra qq. analista,podemos começar?! rs!!!
bjs!
boa sorte neste novo caminho!

Lena disse...

Adorei a idéia, Elianne! Já sabe pq, né? ah! a psiquiatra disse ontem que minha irmã não está em surto psicótico e sim com uma crise provocada pelo remédio para emagrecer. Era isso! menos mal...rs
Bjo, já fiquei freguesa!!

Oriente-se disse...

Fico feliz por já terem aparecido.
Aceito idéias.
Como acham que seria melhor fazer, eu colocaria questões e responderia e vcs discutiriam e trariam mais questões?
Eu colocaria trechos de palestras para vcs discutirem tbm?
Vamos delineando juntos.

BethS disse...

Gostei, mas acho que vou usar peseudônimo ;D...
Ficou lindo o visual, querida.
Acho que você podia começar com um tema, aí a gente vai conversando, uma coisa puxa a outra, e por ai vai.
Otima ideia.
Você vai fazer isso muito bem.
Beijo grande

Fernando Monteiro disse...

Menina, vai aparecer é gente...
Um espaço para as pessoas se colocarem é sempre bem vindo.

Vamos juntos.

Laura disse...

Beth precisa de pseudônimo?:)

Fernando, vc é irritante, a gente dá força, quer te ver no blog e não apareceeeeeeeeeeee. Arranje um tempinho, dê um alô, fico pensando onde vc anda,só trabalho???
Apareça aqui, please.

Diana disse...

Bom dia....

Não sou boa em peguntar não.....
RSssss
Mas...quem sabe a coragem aparece né.....
Que tenh asorte por aaqui.....
Bjs....

Zé disse...

Primeiro que tudo PARABÉNS pela feliz iniciativa... Nem sei como você arruma tempo, pois manter o "Caminhar" já deve ser tarefa difícil por demandar um tempão de você, e todos os dias...
Eu sou tão "complicadinho"... (só não "surto... graças a Deus") que acho que se começar a abrir o verbo, você vai acabar destinando 1 Blog e 1 dia da semana só pra mim... rsss
Dias atrás tinha-lhe sugerido comentar-nos sobre "Inferno Astral". Acho que como sugestão continua válida.
Saúde e Ânimo, Lauda. E obrigado por pensar em nós.

Jôka P. disse...

PARABÉNS por sua idéia !
Que já está sendo colocada em prática !!!
Vou virar cliente !!!
Bjs,
JÔKA P.
:D

Elianne disse...

Zé e Jôka, vamos tentando, vcs colaborando pode ser interessante, falar sozinha é chato.
Estejam à vontade para discordar tbm, please.
Obrigada pelo apoio.

Ana Maria disse...

Laura, usar pseudônimo até que não é má idéia. ;-)

Zé, o melhor amigo do Zé disse...

FANTASIAS - UM NOVO TEMA ?
Ao final de algum tempo (podem ser anos, não importa), elas acabam surgindo. E em uma certa noite, um dos dois, ainda que tímidamente, solta a pontinha de uma delas... e o outro aceita, incentiva, provoca.
Porquê surgem? Qual seu impacto (positivo ou negativo, no "todo" de um relacionamento)? Até onde devem seguir com/em "segurança"? Qual o momento em que devem ser interrompidas ou que seria aconselhável tentar a sua realização? Isto acontece com TODOS os casais? Com a maioria? Apenas com alguns mais liberais e menos preconceituosos, mais "calientes" ou apenas com os mais ou menos "cabeça"? São elas um sinal que a rotina finalmente penetrou na relação? Serão motivadas pelo surgimento de desejos reais pelo convívio ou atração por 3as pessoas? Ou serão um recurso do sub-consciente na tentativa de "incrementar" ou "salvar" a relação?

Enfim... um tema e tanto que a "moderadora e analista" certamente saberá decidir como, quando e até se deverá colocar em pauta e, consequente, em discussão...

Uma sugestão: lermos, e se necessário relermos, o texto do tema postado, para evitarmos o que aconteceu com o "Zé" no tema "será possível amar 2 pessoas?" Afinal, está lá, no texto: a questão situa-se muito em torno de sentimentos próximos e/ou paralelos ao amôr, como o afeto. Dentro deste contexto talvez a exposição do "Zé" tivesse sido melhor compreendida. Ah, eu conheço ele e garanto: é um cara normal, sem desvios de personalidade.

Oriente-se disse...

Zé, amigo de Zé, eu já coloquei a sua questão em rascunhos, brve coloco no ar, esta semana quero falar de filhos de novo para não perder o link com filhos, depois volto ao relacionamento, etc e tal.
Gostei mto de sua pergunta, ótima, vamos ter o que discutir com certeza.
abs, elianne

Tânia disse...

Nós vivemos num mundo cujas aspirações individuais se tornaram tão tão mais importantes do q um simples gesto de bondade e ternura para com outro, q qualquer espaço onde se possa ser ouvido e discutido temas de interesse comuns será sempre uma excelente iniciativa. Desde já, contem comigo...

Elianne disse...

Tânia, espero que seja um espaço de troca mesmo, vamos tentar?
Venha sempre, dê sua opinião, vamos ouvir todos.
Quem não precisa de alguém para dividir?
Um abraço, Elianne.

disse...

Gostaria de sugerir um novo tema:

ORGASMO FEMININO - Quanto encerra de autêntico?

Porquê boa parte das mulheres simula fácil e regularmente seus orgasmos?
Porquê elas não ensinam seus companheiros a fazê-las alcançá-los de verdade?
Qual a razão da simulação em um momento tão especial, que deveria ser de prazer completo para os 2?

Danni disse...

Até q ponto existe(ou resiste) um relacionamento "virtual"?. Até atingir-se um objetivo?(qual?).Interesses materiais?...solidão?...tudo é possível e até factíveis numa relação virtual/real.Até o confronto com a frustração ou a realização de uma expectativa positiva?
"...e ela ñ se cansa de procurar um gde amor."Apelou" pra internet(já ouviu e viu tantos casos darem certos)...
Lá se foi pros "sites" de encontros, namoros...relacionamentos...
Perfil ativo!- agora é só "selecionar" e..."deletar" pretendentes com "escore" baixo. ..É, tem critérios...(sociais, culturais, econômicos....).
Foi paixão por Zé. Qualquer Zé. Um Zé ninguém, um Zé alguém, um Zé como ninguém!...
Pobre mulher de quase 40....-desejos, inocências e burrices ao longo de "pouquíssimos" quase 40 anos...
Juras e juras de amor via e-mails, messengers....até ela revelar q não tinha uma conta bancária alta, uma casa própria e um carro.
Um grande fora virtual em tempo real.
E todo dia ela vagueia pela net...

O q é isso?